Florianópolis Web > Florianópolis > Distritos > Ribeirão da Ilha

Ribeirão da Ilha | Florianópolis / SC

    


Ribeirão da Ilha

Situada na Baía Sul da Ilha, distante 27 km do centro, o distrito de Ribeirão da Ilha foi a primeira comunidade européia de Florianópolis. Historiadores datam em 1506 a chegada dos primeiros navegadores europeus ao local, e no século XVIII sua povoação efetiva. As várias e pequenas praias do distrito possuem águas muito calmas e areia grossa. Ribeirão da Ilha possui a paisagem ideal para um passeio familiar ou um belo encontro romântico.


Ali se encontra o ponto culminante da Ilha de Santa Catarina: o Morro do Ribeirão, de cujo cimo é possível descortinar a Baía Sul, parte do Sertão do Peri e as montanhas do extremo sul do maciço do Cambirela, no continente, em toda sua plenitude.


O distrito destaca-se como o maior produtor de ostras do Brasil.


É o segundo distrito mais antigo de Florianópolis, depois de Santo Antônio de Lisboa (distrito de Florianópolis). Ali se preservam tradições como a Festa de Nossa Senhora da Lapa, a produção das rendas de bilro, das canoas e baleeiras, dos balaios e cestos de cipó.


O centro histórico, sede da antiga Freguesia, é um dos mais antigos núcleos de colonização açoriana, fundado em meados do século XVIII. O cenário é expressão da arquitetura colonial portuguesa, constituído pelas casas geminadas, alinhadas na rua fronteira ao mar e dispostas ao redor da pracinha, tendo a igreja na cabeceira. A Igreja de Nossa Senhora da Lapa, Sé da Paróquia, foi inaugurada em 1806 , construída pelos senhores e seus escravos, em alvenaria de pedra,cal e azeite de baleia, vindo da Armação. Faz parte de um conjunto arquitetônico preservado por lei municipal de 1975, juntamente com o cemitério, aos fundos, e ao lado, o Império do Divino Espírito Santo, local da Festa do Divino, tradição religiosa açoriana.


O casario típico açoriano preservado é uma das mais fortes características do Ribeirão da Ilha, sendo um dos mais importantes conjuntos arquitetônicos históricos da Ilha de Santa Catarina. As ruas estreitas e a vida tranqüila dos moradores dão um charme todo especial a ao Ribeirão da Ilha. Vale visitar a Igreja de Nossa Senhora da Lapa, construída em 1806 e visitada por Dom Pedro II em 1845, e o Eco-Museu do Ribeirão da Ilha, que reúne um eclético acervo, recriando ambientes da colonização açoriana.


Outra grande atração do Ribeirão da Ilha são os vários restaurantes de excelente qualidade que se encontra no local, muitos deles à beira do mar, o que proporciona um visual fantástico para os visitantes. Muitos dos restaurantes do local são conhecidos por estarem entre os melhores de Florianópolis, principalmente no preparo das ostras.